Carol Francelino e Vitória Gasques são eliminadas do “Mestre do Sabor”

Carol Francelino e Vitória Gasques são eliminadas do “Mestre do Sabor”

Os chefs Danilo Takigawa, Cadu Moura, Pedro Barbosa e Rodrigo Guimarães venceram as provas e garantiram uma vaga na final do Mestre do Sabor. Eles disputaram as vagas com as chefs Carol Francelino e Vitória Gasquez, que foram eliminadas e perderam a chance de levar para casa o prêmio de R$ 250 mil.

Para garantir a vaga na final, eles tiveram que cozinhar em duas etapas. Na primeira, fizeram um prato de uma única cor definida por sorte. Após a explicação, cada chef abriu a caixa que estava em cima da bancada e descobriu a cor que teria que usar.

Os chefs Cadu e Pedro ficaram com a cor amarela; Vitória e Carol cozinharam alimentos vermelhos; Danilo e Rodrigo ficaram com verde. Os chefs tinham 50 minutos de prova, com mercado restrito.

Danilo e Cadu cozinharam os melhores pratos e foram direto para a final. O primeiro cozinhou um cozinhou um creme de feijão com salsinha, aspargo defumado, crocante de couve e vinagrete de hortelã. Cadufez um tartare de tomate com carambola.

Na segunda parte do programa, os outros quatro disputaram uma prova eliminatória. Eles tiveram que cozinhar um prato com cortes suínos para garantir uma das outras duas vagas na final.

Pedro e Rodrigo venceram a prova e garantiram as duas últimas vagas na final. Pedro cozinhou uma copa lombo com acelga recheada. “A acelga queimadinha levou para um lugar que você não esperava”, comentou Kátia.

Emocionado, Pedro se ajoelhou no chão para comemorar a vaga. “A sensação de ser o primeiro selecionado na segunda etapa foi incrível, tive que ajoelhar e agradecer, foi um momento único na minha vida”.

Rodrigo fez uma barriga de porco com abóbora e espuma de requeijão defumado. “Gosto da barriga assim com a pele molinha, está uma delícia”, elogiou Rafa. O chef estava tão apreensivo que teve uma comemoração contida ao saber que estava na final.

“Na verdade, não esbocei tanta alegria, não vibrei tanto, porque eu estava muito apreensivo, nervoso, e a ficha não tinha caído ainda”, disse Rodrigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *